A lei que proibe jogos as 22:00

Na última terça (23/03) houve uma nova audiência pública na Câmara de São Paulo para tratar de um assunto muito polêmico, a proibição dos jogos de futebol com inicio as 22:00hrs na cidade de São Paulo.
Essa lei já foi votada e aprovada pela Câmara Municipal e, na verdade, já houve uma audiência pública em que alguns interessados não participaram. Estes interessados são a Federação Paulista de Futebol e a rede globo que transmite os jogos.
Agora depois de aprovada a Rede Globo envio um executivo para pressionar os vereadores a não aprovarem esta lei.

Gostaria de deixar aqui meu protexto contra esta emissora que acha que é dona da cidade de São Paulo, para não falar do Brasil. Para aqueles que vão aos estádios e querem levar seus familiares, mulheres, filhos, etc, como fica sair do estádio as 0:00 para ir para casa e trabalhar no dia seguinte? O que a Rede Globo acha disso? O que vale para esta emissora é simplesmente sua audiência e os jogos após sua novela e seu BBB, que tem um grande atrativo cultural diga-se de passagem. O que tem de indispensável nestes programas? Nada mais que adultérios, cenas de sexo, beijos, homossexualismo e coisas do gênero.
Vi em um comentário sobre este assunto em que um participante disse que não vê diferença entre Hugo Chaves e a Rede Globo, ambos praticam o mesmo tipo de censura e domínio sobre a mídia. Concordo, a Rede Globo gosta de mostrar a censura em outros países, mas não fez nenhum tipo de reportagem sobre esta nova lei em seu site. Quanto imparcialidade, é algo de se admirar.
O executivo da emissora ameaçou dizendo que os jogos serão levados para fora da cidade caso a lei seja aprovada. Nossa, quanto terroristo e chantagem barata vindos de uma emissora que prega a democracia e o bem estar da população.
Um dos defensores da lei é o jornalista Wanderley Nogueira da radio Jovem Pan que fez um excelente discurso na audiência pública desta terça (25/03).

Jogos as 22:00hrs não!

Compartilhe este artigo :

+ comentários + 7 comentários

25 de março de 2010 15:30

Se não me engano, há uns 2 anos atrás, a Record ofereceu um valor maior do que o da Globo (quase o dobro) para poder passar os estaduais e brasileirão, além de transmitir todos os jogos por volta das 20h. Adivinha? Em uma reunião de portas fechadas, ficou decidido que a emissora carioca continuasse com a exclusividade. Estranho isso, não?

Abraços

http://padaquipadai.blogspot.com/

25 de março de 2010 15:33

Já tava passando da hora

25 de março de 2010 15:33

PALMAS! Belo texto, com total clareza e estou de total acordo com você.
Muitas vezes deixo de acompanhar meu time nos estádios por conta do horário. Por mim, esta lei já estaria aprovada.

http://futebolrosachoque.blogspot.com

25 de março de 2010 18:12

Concordo contigo totalmente! Infelizmente nesse país, quem tem $$$ manda!

E obrigada pelo comentário, mas sabe de uma coisa: eu tb detestava reuniões de trabalho fora do horário..rsrsrs.... Acho que é a primeira vez que venho aqui! Volte sempre que quiser.

Anônimo
30 de março de 2010 13:29

EDUARDO JUNDIAÍ

A GLOBO MANTEM A POPULAÇÃO A MERCE DO CRIME, UM TORCEDOR QUE SAI DE ITAQUERA E VAI AO MORUMBI, E DEPOIS VOLTA SÓ DEUS SABE COMO , CHEGA EM CASA LÁ PELAS 02:00 DA MANHÃ, ISSO SE TIVER SORTE DE NÃO SER ASSALTADO OU MORTO, CHEGA DE DITADURA GLOBAL, JOGOS AS 20:30 JÁ

7 de abril de 2010 16:51

Um dos poucos textos, verdadeiros, que me fez ter prazer em ler.



Monopólio fudido da Globo, enfim... As argumentações são grandes, mas o que está escrito já diz muita coisa.

18 de abril de 2010 14:00

Que lei maravilhosa!

Postar um comentário
 
Traduzido Por : Template Para Blogspot Copyright © 2011. O mundo das idéias - All Rights Reserved
Proudly powered by Blogger