Brasil o país das novelas

O Brasil é conhecido internacionalmente como o país do carnaval, samba e futebol. Isso faz parte da cultura do povo brasileiro e não tem como mudar isso, mesmo trazendo uma imagem de país com falta de cultura e algo do tipo. Porém, analisando o assunto com um pouco mais de atenção podemos ver que o futebol não é assim tão soberano como pensam muitos.

Os dias e horários das principais partidas de futebol durante o ano mostram que há um concorrente direto com o futebol e esse concorrente tem preferência, trata-se das novelas.
É sabido que o principal campeonato do futebol brasileiro, Campeonato Brasileiro, é transmitido pela Rede Globo. Isso não é exclusividade da Rede Globo, pois, a Bandeirantes também transmite mas a detentora dos direitos é a Rede Globo. Com isso, a emissora carioca escolha os horários e a Bandeirantes segue a programação.
Nas quartas-feiras sempre há jogos na TV, seja do Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, campeonatos estaduais, Taça Libertadores da América ou mesmo jogos amistosos da seleção brasileira. Este horário é sagradamente as 22:00 horas, sempre após a novela.

Recentemente, houve uma tentativa de acabar com esse horário na cidade de São Paulo. Os vereadores votaram um projeto de lei que proibia os jogos de começarem as 22:00 horas. O projeto foi vetado pelo prefeito Gilberto Kassab (DEM mas já esta de saída para um novo partido). O curioso dessa história é que vereadores que haviam votado e declarado publicamente serem contrários a jogos nesse horário mais tarde mudaram de opinião e os jogos continaum no horário de sempre, às 22:00 horas.

Agora temos um outra briga que tem relação direta com os horários das partidas de futebol no calendário brasileiro. Essa "nova" briga é para a transmissão dos campeonatos brasileiros de 2012 a 2014. Foi aberta uma licitação para a transmissão dos jogos, essa licitação foi organizada pelo clube dos 13 (entidade que representa os maiores clubes do futebol brasileiro), que tem como presidente Fabio Koff. Essa licitação não agradou a Rede Globo que saiu da disputa e emitiu uma nota explicando os motivos.

“Os dirigentes efetivamente preocupados com os legítimos interesses dos seus clubes e, acima de tudo, os torcedores são testemunhas dos volumosos investimentos que a Rede Globo tem feito ao longo desses anos, numa parceria pelo aprimoramento do nosso futebol, na busca de um espetáculo emocionante, com profissionalismo e qualidade.

Essa contribuição tem se traduzido no crescimento das receitas dos clubes, não só através das receitas obtidas com a venda dos direitos de transmissão, bem como com a comercialização de outros direitos, incluindo propaganda nos uniformes e publicidade nos estádios.

As exigências e modificações nos conteúdos das plataformas implicam na desestruturação de um produto complexo, que foi construído ao longo dos últimos 13 anos, inviabilizando assim qualquer perspectiva de um retorno compatível com os investimentos na compra dos direitos.

As condições impostas na carta-convite não se coadunam com nossos formatos de conteúdo e de comercialização, que se baseiam exclusivamente em audiência e na receita publicitária, sendo incompatíveis com a vocação da televisão aberta que, por ser abrangente e gratuita, é a principal fonte de informação e entretenimento para a maioria dos brasileiros.

Assim é, em respeito ao interesse do público, que a Rede Globo se sente impedida de participar desta licitação e pretende manter diálogo com cada um dos clubes para chegarmos a um formato para a disputa pelos direitos de transmissão que privilegie a parte mais importante desse evento: o torcedor".

Quando parecia que a licitação seria vencida pela Record, por possuir um maior poder financeiro do que as demais emissoras que permaneceram na licitação houve uma mudança de última hora, poucas horas antes da abertura do envelope com as propostas das emissoras. A Record também desistiu da licitação a exemplo da Rede Globo e decidiu negociar diretamente com os clubes. O comunidado oficial foi o seguinte:

“Os responsáveis por estes acordos que prejudicam os torcedores, clubes e patrocinadores devem vir a público para revelar como foram as negociações e qual o valor acertado previamente, sem concorrência, sem transparência e baseados nos mesmos princípios que ajudaram a reduzir o poder dos clubes, prejudicaram o faturamento das agremiações, limitaram a exposição de patrocinadores e impuseram horários estranhos para a prática do futebol, além de transformar o mais popular esporte do País num mero exportador de talentos. Diante desta atitude a Record informa que não aceita participar de um jogo com cartas marcadas”.

A emissora afirma ainda que se os clubes desejarem seguir numa negociação em separado, pretende apresentar propostas “com padrões de transparência e regras claras”.

Com isso, a Rede TV venceu a licitação com um valor de R$1 Bilhão para transmitir os jogos do campeonato brasileiro de 2012 a 2014. O valor mínimo era de R$500 milhões por ano.

O clube dos 13 começou a perder seus principais associados, o Corinthians saiu da entidade dizendo que iria negociar diretamente com a Rede Globo, foi seguido pelos clubes cariocas, Flamengo, Botafogo, Vasco e Fluminense. Depois foram seguidos por Coritiba, Cruzeiro e Gremio.
Os clubes que estão fiéis ao clube dos 13 são São Paulo, Atlético Mineiro, Atlético Paranaense, Internacional e Bahia.

O que esta acontecendo é que os clubes estão saindo do Clube dos 13 para negociarem diretamente com a Rede Globo e continuar na mesma coisa de sempre, com os mesmos horários que estamos fadados a assistir as partidas de futebol nas quartas-feiras.

O curioso é que temos algumas declarações hilárias dos cartolas que comandam alguns clubes que se rebelaram contra o Clube dos 13. Entre eles temos o Zezé Perrela presidente do Cruzeiro.
"Vou negociar separadamente, seja com a Globo ou com a concorrente. Não vai ser através do Clube dos 13. Vou continuar filiado ao Clube dos 13, mas vou negociar separadamente. A Globo sair da licitação para mim não muda nada, pois vou negociar diretamente os interesses do Cruzeiro."
O Cruzeiro saiu da licitação sem saber quanto seria o valor do vencedor.

Entre os que defendem o modelo proposto pelo Clube dos 13 está Alexandre Kalil, presidente do Atlético Mineiro que disse:
“Este abismo, que nós temos de ver quem consome o quê. Quem vai ganhar muito é o Flamengo e Corinthians, quem está indo atrás é um bando de bobo, mas tem time que gosta de ficar debaixo de guarda chuva de cariocas e paulistas e o Atlético não aceita isso, não me interessa qual rede de TV é” o presidente do clube mineiro e responsável pelas negociações do Clube dos 13 continuou:
“O Atlético não saiu satisfeito não, porque a própria Rede TV! disse no dia que tinha dois envelopes, então esta brincadeira de péssimo gosto que eles fizeram ai custou R$ 200 milhões”.

Os dirigentes estão comprometidos com a Rede Globo independente do valor que poderia ser proposto por outras emissoras. O poder da Rede Globo é incrível, esta moldando as ações que envolvem a disputa para transmitir os jogos dos campeonatos futuros a seu gosto e esta mandando muito bem com a ajuda da CBF e de seu mandatório, Ricardo Teixeira. Isso explica o motivo que levou a CBF depois de tantos anos dar o título do brasileiro de 1987 ao Flamengo. Isso agradou o clube de maior torcida do futebol brasileiro e, a exemplo do Corinthians, o Flamengo vai negociar diretamente com a Rede Globo.

Vamos continuar com jogos às 22:00 horas, depois da sagrada novela das 8 que começa às 21:00 horas. Isso tudo por paixão dos dirigentes dos clubes de futebol a Rede Globo de televisão. Mesmo pagando menos a Rede Globo é a preferida porque traria mais ganhos de forma paralela com patrocinadores.
Com esse tipo de atitude desses dirigentes amadores é possível entender porque o Brasil é um país atrasado e de terceiro mundo. Temos péssimos dirigentes não só governando o país, mas também no principal meio esportivo do país, o futebol.

Essa gente conseguiu colocar a novela das 8 na frente do futebol. Não pensam que os torcedores que vão aos estadios nas quartas-feiras precisam trabalhar no outro dia. Não se preocupam com aqueles que vão chegar muito tarde em casa. O transporte público no Brasil em geral é péssimo. Outro detalhe importante é que as crianças também dormem tarde para ver os jogos, mesmo tendo aula no outro dia.

O que poderia mudar não vai mudar. Os interesses da grande emissora do Brasil vão continuar inabalados.
Compartilhe este artigo :

+ comentários + 6 comentários

Mariana
19 de março de 2011 16:21

Seu blog é muito bom! Você escreve muito bem e sobre assuntos interessantes, o que é melhor. Já li vários posts e adicionei o blog nos meus favoritos :) é por essas e outras que a internet se torna útil, não só cheia de futilidades como tantos reclamam.

28 de março de 2011 17:31

Mariana,

obrigado pelo comentário!
A idéia é justamente falar sobre assuntos diversos e poder conhecer pontos de vistas diferentes sobre o mesmo assunto.
Na internet encontramos coisas futeis e ruins, mas também encontramos muita coisa boa e útil.
Fico feliz que tenha enquadrado o meu blog entre as coisas boas da Internet.

Quando tiver uma critica também pode compartilhar que estamos aqui para receber sem nenhum tipo de magoa.

Obrigado.

24 de abril de 2011 08:19

Gosteii bastante do seu blog !

Bem informativo!

Me viste em :

http://devaneiros.blogspot.com/

Anônimo
28 de dezembro de 2011 14:17

E cade o assunto sobre novelas

3 de janeiro de 2012 11:20

Anônimo,

Brasil o país das novelas foi uma referência para citar que o Brasil conhecido como o país do futebol tem a novela como prioridade.
Deveria ser taxado como Brasil, o país das novelas (das 8).

Conseguiu entender?

Obrigado pela visita.

Postar um comentário
 
Traduzido Por : Template Para Blogspot Copyright © 2011. O mundo das idéias - All Rights Reserved
Proudly powered by Blogger