Manifestações no Brasil dão resultado e mostram o poder do povo

Os protestos que se espalharam pelas ruas do Brasil começaram com a insatisfação da população com o aumento das passagens de ônibus, trem e  metrô, mas logo se disseminou com outras reinvidicações e a principal delas é contra a corrupção. Em Agosto de 2012 o primeiro protesto aconteceu em Natal e já em 2013 houve um protesto mais forte em Porto Alegre. Na capital do Estado do Rio Grande do Sul os protestos eclodiram em Março de 2013 após o anuncio do aumento das passagens de ônibus e lotações, sendo que os ônibus iriam de R$ 2,85 para R$ 3,05 e as lotações de 4,25 para R$ 4,50. Os criticos acusavam os manifestantes chamando-os de vândalos e que o aumento seria mantido. O prefeito de Porto Alegre José Fortunati chegou a dizer que os protestos eram uma "baderna". No final, o aumento foi suspenso através de uma decisão judicial e os manifestantes sairam vencedores contra o prefeito que afirmava que o aumento das tarifas seria mantido.

Vejam também:

Manifestantes em Porto Alegre
A onda de aumentos seguiu em outras cidades e em São Paulo o prefeito Haddad e o governador Alckmin anunciaram o aumento das tarifas dos ônibus municipais e dos trem da CPTM. Quando as manifestações tiveram inicio houve criticas, principalmente da ala conservadora e da imprensa. Essas criticas eram diretas e chamavam os manifestantes de vagabundos e estudantes que não tem o que fazer. Mas, a insatisfação com o péssimo transporte público fez com que os manifestantes fossem ganhando mais aliados e as manifestações foram ficando maiores e mais agressivas. Os enfrentamentos com as forças de segurança do Estado aconteceram o que chamou mais a atenção das autoridades, da imprensa e do restante da população. Mesmo assim, muitos ainda criticavam as manifestações e diziam que o aumento não seria revogado.
1.000.000 de visitas

Manifestação no Brasil contra o aumento da passagem de ônibus

Manifestações no Brasil e as palavras de ordem

Entre as muitas frases e gritos dos manifestantes estavam a do "Passe Livre Já", "Mãos ao alto R$ 3,20 é um assalto", "Mãos ao alto isso é um aumento", "Mais um aumento eu não aguento", "Não ao aumento das passagens de ônibus", "As passagens aumentam todo ano, você já se perguntou onde vai parar esse dinheiro?", entre tantas outras.
Manifestação contra o aumento da passagem de ônibus na Avenida Paulista
Em São Paulo tanto prefeito quanto o governador anunciaram que vão voltar atrás e as tarifas serão reduzidas. Outras cidades do Estado de São Paulo e do Brasil também anunciaram que vão reduzir os preços da passagem de ônibus, variando de R$ 0,10 a R$ 0,20 centavos dependendo da cidade. O que será que os criticos e perseguidores dos manifestantes vão dizer agora? Será que manifestar não adianta mesmo?
Compartilhe este artigo :
 
Traduzido Por : Template Para Blogspot Copyright © 2011. O mundo das idéias - All Rights Reserved
Proudly powered by Blogger