O que é ser mochileiro?

eletronicos/300x250.gif

Vídeo do meu amigo Eber...

Mochileiro, não é correr perigo, não é ser rico, não é fazer mil loucuras só para viajar ou mesmo tentar conhecer o mundo em 30 dias!

A única coisa em comum que temos, é que somos viajantes independentes, não usamos pacotes fechados de turismo, ser mochileiro independe de classe social, cor, cultura, somos famintos pelo novo, de conhecer novas culturas.

Na realidade eu comecei a viajar assim ano passado, antes disso até viajava pra alguns lugares, mas eu tinha um ponto de saída e um ponto de chegada ponto, hoje eu em dia, eu sei que vou, pra onde? já fui parar em tantos lugares...

A minha primeira trip foi surreal, eu estava esgotado do meu trabalho, aliás de tudo! Pois havia acontecido algumas coisas sérias que já não estava mais me sentindo bem, bom fiz me demitirem, peguei uma mochilinha dessas que uso no dia-a-dia, comprei uma passagem pra Porto Alegre e fui com a cara e com a coragem, aliás minha primeira viagem longa sozinho, daí por diante minha vida só mudou, sim para melhor! Alguns podem até falar você é doido largar emprego, viajar sozinho, mas hoje em dia tenho um emprego muito melhor, minha postura no tratamento das pessoas mudou em alguns aspectos, e alias ganhei parceiros para toda vida também.
 
Você poderá gostar de ler também Idéias e Alice no país das maravilhas.

Outro dia tava conversando com um amigo que tava indo daqui do Paraná, até cuba de bike, chegando em La paz foi assaltado levaram quase tudo, e ele me contava dando risada, ele vai voltar? Não! O irmão do meu cunhado, na lua de mel foi de fusca até bariloche, rs o carro não quebrou nenhuma vez!
Mas acho assim quem quer mudança na vida, é só ir a atrás que consegue, tirando exceções...

Aqui vão algumas definições do que é ser mochileiro por alguns amigos meus:

Isa: É ter amor pela liberdade, estudar e planejar sua viagem, seguir de coração aberto para as surpresas, aprender com cada imprevisto, conhecer pessoas, vivenciar a cultura local e trocar um pouco da sua vida com tantas pessoas pelo caminho e, na volta pra casa, perceber que algo mudou, que tem um mundo inteiro para ser descoberto e que a vida é um presente imenso para deixar que os dias passem com coisas bobas e reclamações, enquanto há tanta coisa para conhecer por aí, tanta gente interessante para aprender e ensinar e tanta bagagem pra trazer na memória!

Lúcia: Meus serviçais sou eu mesma, meu café da manhã eu não tenho, pq sempre acordo atrasada (kkk), minha cama não sei onde está não...eu durmo no colchão, minha seda pura tb não sei pra onde foi...só sei que abro meu saco de dormir e faço de edredon e meu chá é aquele que faço toda noite e que se chama Mate Leão!!! kkkk
E quer saber?? sou feliz assim merrrrrrrmo...kkkk


Verônica: ser mochileiro é se prostrar para o mundo e sofrer sua ação, deixando assim que ele lhe mostre o que realmente vale para a vida toda. Este é um curto.
Agora, se vc quer uma Opinião espirituosa sobre mochilão:
Pra mim, pouco importa a mochila; o negócio é sua atitude ante a viagem. Deixar-se levar por mudanças de percurso, conversar com estranhos sem compreender a língua, mas decifrando gestos....Sim. Decifrar é uma palavra interessante. Analisar o mundo como um antropólogo, um arqueólogo, um psicólogo. Fazer o mundo ser seu guia de autoajuda. Ter uma atitude submissa para absorver ao máximo o que a experiência de uma jornada simples pode lhe oferecer.
Blog da vê:Viaje que te Ajuda

O bom e velho Clayton Rock: Ser mochileiro, é encher uma mochila com todos os sonhos de lugares que sempre quis um dia conhecer.
É meter o pé na estrada e a cabeça lá na lua e a cada km percorrido de chão batido ou asfalto da Highway, conhecer pessoas, cujos sonhos e objetivos são similares aos seus e se entregar ao presente e proveitar os momentos que ficarão para sempre eternizados no coração e no pensamento.
Ser mochileiro é viver e ser feliz...

Anitcha: Se eu te perguntar o que é ser mochileiro, vão aparecer diversas definições. Pra uns é sinônimo de liberdade, pra outros é pegar a mochila e sair sem rumo, pra outros é viajar com pouca grana. Mochilar é mais, é sentir frio e ter um desconhecido pra te emprestar umas meias sobressalentes, mesmo que chulezentas, é se perder e não ter medo de perguntar, é conseguir usar a boca pra chegar a Roma, a Paris, é conversar com um árabe sem falar qualquer palavra de seu idioma, é dar um sorriso pra uma pessoa que te xingou em croata!
Mochilar é viver o que você nunca viveria sem uma mochila, um destino sem um roteiro de vida como um poema Pessoaniano.

Não sei bem se existe um guia de mochileiro pois, cada aventura tem sua particularidade e momentos únicos, no final de tudo os mochileiros estão em busca de aventuras que não podem ser descritas e sim vividas e sentidas.


Link da comunidade pra quem quiser conhecer mais:Eber, quero fazer um mochilão
Compartilhe este artigo :

+ comentários + 12 comentários

28 de julho de 2009 18:57

Muito versátil o lbog, além de belos e profundos os posts. Parabéns@

28 de julho de 2009 19:03

Ameiiiiii...

29 de julho de 2009 04:45

Adriano, tudo de bomm este post. Como é bom conhecer lugares novos, novas culturas... poxa! Bacana demais a reflexão!

bjos querido

29 de julho de 2009 06:06

lucineia, fui eu que escrevi,Gus!
rsrs

29 de julho de 2009 15:27

Poxa vida....tem varios depoimentos....faltou o meu....eu vo de moxila da minha casa pra lanchonete todo dia.....huahauahuahauhaua....vc acha que é melhor descobrir o local naturalmente ou ter um breve conhecimento para evitar transtornos?????

t+

29 de julho de 2009 19:57

Então depende mesmo, eu dou uma pesquisada antes faço um roteiro, pra evitar algumas coisas, mas tem gente que não tá nem ai, vai a favor do vento um busco do azul no fim do arco iris, uuhuuuu

30 de julho de 2009 04:50

Mochilar é TUDO!

linkado!

30 de julho de 2009 08:05

Experiências lokas em Gustavo!
Nunca fiz uma dessas, deve ser muito dahora.
Interessante que o dinheiro é o de menos, o que precisa mesmo é a cara e a coragem.

Rejane
12 de agosto de 2009 16:31

Olá!
Estou com viagem marcada com um pessoal para o sul e pelo que li em seu blog vc é de Porto Alegre, ai pensei, nada melhor que perguntar pra quem mora em Porto Alegre o que ele indica como atividades turísticas legais em 2 dias.
Obrigada e desculpa a invasão.
Abr
Rejane

12 de agosto de 2009 18:29

Eu sou de são paulo, não deixe de assistir o pôr do sol no Gasômetro ou no Parque Marinha que onde a galera curte mais o clima.
A Casa de Cultura Mario Quintana tb vale muito!
E balada, se gosta de rock, vai pro Beco, lá a balada é forte! espero ter ajudado


Boa viagem, divirta-se!!!

15 de agosto de 2009 02:41

Gostei bastante do post. Muito esclarecedor em essência. Estou pesquisando a possibilidade de dar início ao meu "mochilamento" pelos próximos meses. Só tenho muita dúvida qto a qto vou gastar ou como conseguir essa grana pelos lugares que irei. Agradeço quem puder ajudar.

e-mail: william.willian@gmail.com
skype:william.willian

Até Mais ! ! !

Anônimo
22 de janeiro de 2013 03:32

muito bom, mas porfavor me falem, caso o tempo passe, e o trabalho como fica, quando o inicio da velhice chegar, como ira se sustentar,
vini.will.photo-arte@hotmail.com, quero saber porque eu necessito desta liberdade, feliz aquele que vive.

Postar um comentário
 
Traduzido Por : Template Para Blogspot Copyright © 2011. O mundo das idéias - All Rights Reserved
Proudly powered by Blogger