Stalingrado: O cerco fatal


Capa do livro Stalingrado O cerco fatal

Stalingrado O cerco fatal é uma obra prima que trás detalhes da batalha que mudou o rumo da Segunda Guerra Mundial. O autor, Antony Beevor, foi minucioso nos detalhes deixando o livro agradável de ler mesmo para quem não é especialista em assuntos militares.
Stalingrado, hoje Volvogrado, era uma cidade que ficava as margens do rio Volga e foi ali que o sexto exército alemão parou pela primeira vez durante a segunda guerra mundial. Até a chegada em Stalingrado os alemães não tiveram nenhuma dificuldade em avançar e ocupar os diversos países que foram vitimas da blitzkrieg. Ao chegar em Stalingrado o sexto exército alemão encontrou uma série de fatores que culminaram com sua derrota e, conseqüentemente, com a virada do conflito. Entre estes fatores tiveram o inverno russo que foi o pior dos últimos 40 anos e os alemães se mostraram totalmente despreparados para enfrentá-lo e, sobretudo, a disposição, sacrifício e heroísmo do povo russo e de seu Exercito Vermelho.
A primeira metade do livro conta todo o avanço esmagador do Exército Alemão, sem oponente a altura as conquistas e avanços eram conseguidos sem muitos sacrifícios. Até a chegada em Stalingrado os russos apenas recuavam e abandonavam suas terras e equipamentos indo cada vez mais para dentro da Rússia, chamando os alemães para o centro da mãe Rússia. A cidade de Stalingrado foi alcançada pelos alemães, mas não conquistada. A batalha pelo controle da cidade era decisiva para os dois lados e para o futuro do mundo. Cada rua, fábrica, esquina era disputada de forma acirrada por ambos os lados. Com a chegada do inverno as coisas complicaram mais ainda para os alemães. Longe de casa, aliás, muito longe, os alemães se viam cada vez mais cercados pelos russos e a fome começou a ser outro fator contra os alemães.


Além disso, as doenças e epidemias, disenterias crônicas, tifo, piolhos assolaram os soldados alemães. Muitos dormiam amontoados uns aos outros e ao acordarem tinham partes do corpo como dedos dos pés comidos por ratos. Era difícil perceber isso acontecendo porque o frio congelava as mãos e pés. Muitas vezes era necessário amputar algum membro por ter sido congelado. O sexto exército alemão após ser cercado pelo Exército Vermelho foi impedido de se render por Hitler e foi totalmente dizimado. Calcula-se que aproximadamente 400mil soldados alemães morreram ao longo da batalha de Stalingrado. Este número é aproximado, pois junto com os alemães havia outros exércitos, romenos, húngaros e italianos, e muitos soldados morreram ao redor de Stalingrado.
Com a derrota do sexto exército alemão em Stalingrado a segunda guerra mundial muda de rumo. Os soviéticos rumam impiedosos em direção a Alemanha e o revide era inevitável. Alcançar Berlim passou a ser uma questão de honra.
A narrativa do livro não se resume as táticas e números do conflito, mas, trás também a visão humana disso tudo, como em uma parte em que um jovem soldado alemão troca seu relógio que foi herança de família por um pedaço de bolo e divide com seus colegas ficando com a menor parte. Esta obra de Antony Beevor é sensacional e os detalhes descritos são fantásticos.

Livro: Stalingrado O cerco fatal
Autor: Antony Beevor
Editora Record
Lançamento: 2002
Número de páginas: 560
Compartilhe este artigo :

+ comentários + 16 comentários

5 de julho de 2009 17:11

Show!

eu sempre gostei da segunda guerra mundial (:


parece ser muito legal!

5 de julho de 2009 17:30

Porra, muito interessante.
Nunca tinha lido algo sobre exércitos alemães e etc.

Me interessei pelo livro.
Valeu pela dica cara.
Abraço.

5 de julho de 2009 17:32

Sempre adorei história. Quando assiti operação Valquiria fiquei muito interessada e acabei de terminar a menina que roubavas livros, que acontece em meio a seg guerra. Não escutei falar desse livro ainda, mas vou pesquisar. Legal.

5 de julho de 2009 17:42

Eu como historiador, apesar de não especializado em historia da guerra, mas sim em historia das religiões, amo livros desse cunho. Stalingrado realmente foi uma surpresa para os alemães, mas não é a primeira vez que alguém é derrotado na Rússia, com Napoleão aconteceu a mesma coisa. E com certeza, se houvesse outra guerra mundial, essa região seria muito difícil de invadir, devido ao frio exacerbado.

Dá uma passada lá no meu blog e deixa um comentário em um dos posts. ^^

Valeu abraçoss...

5 de julho de 2009 19:35

Muito interesante, adoro estudar sobre a segunda gerra.

6 de julho de 2009 09:56

Essa fase foi muito triste, não gosto de guerra.

6 de julho de 2009 12:58

Como eu gosto das 1ª e 2ª mundiais. Comprei um livro q chama Guerra e vinho. Tenho um outro que chama A última Grande Guerra e agora busco algum livro que fale sobre "crianças que trabalharam durante a guerra, principalmente como "ingênuas" informantes".
Tem aquele filme(pra quem ñ gosta de ler....) CIRCULO DE FOGO, q fala exatamente sobre o cerco a Stalingrado. Neste filme vemos como os russos deram uma virada, numa batalha suicida e colocando toda sua paixão pela MÃE RUSSIA. TAmbém tem um documentário no hist´ry channel q vc pode ver todinho pelo youtube(em inglês).É emocionante quando vc consegue identificar o verdadeiro dever de um soldado. Sentir isso. Ás vezes me pergunto se guerras naquela época poderiam ser taxadas de idiotice, ou se havia algo além. O combate corpo a corpo, a coragem, o dever pelo bem maior...Tudo muito estranho... Sucesso! V for Verônica

6 de julho de 2009 15:14

Amo livros inteligêntes!
vle a dica!

6 de julho de 2009 15:23

Pela sua resenha o livro deve ser muito bom retratando uma parte da história mundial.

6 de julho de 2009 15:25

segunda terra é rhox


BLOG>>>> http://cariocax.blogspot.com/ e

twitter>>>> http://twitter.com/cariocaxblog

6 de julho de 2009 15:53

valeeeu a diiica ;D
pareceee ser um ótimo livro !
beeijos e parabens pelo blog ;)

6 de julho de 2009 20:04

Bem legal o blog! :D
parabéns.

http://chocolatebitter.blogspot.com

25 de setembro de 2010 16:08

sou fanatico por historias de guerra principalmente a segunda guerra. é parte mais louca da humanidade. principalmente os combates travados na russia. sei que vou ler o livro diversas vezes. se tiverem oportunidade assistam o filme STALINGRADO A BATALHA FINAL é ótimo. valeu abraços JOÉLIO MG

1 de outubro de 2010 19:58

joelioneto,

o livro é ótimo sim, você vai gostar muito.

Quanto ao filme já assiste também.
O filme tem uma história muito boa aliada a ótimos efeitos.
Curti demais a batalha que teve envolvendo um blindado russo.

Flw

13 de julho de 2011 17:39

Li o livro a uns 4 meses atrás, gostei tanto que estou lendo novamente, acompanhado de pesquisas na internet sobre fotos dos locais de batalha, armamentos, expressoes russas e alemães,etc. Impressionante os relatos do autor, uma gama de novas informações ajudam a desmistificar muito do que se tem dito a respeito dessa batalha monumental.Essa foi sem dúvida, a batalha mais importante da segunda guerra.Para os aficcionados por 2 Guerra Mundial, como eu, recomendo o livro.

Max Dellis

13 de setembro de 2012 11:26

legal, eu vou procurar este livro... Eu ja li um livro sobre fatos da segunda guerra mundial, o livro se chama BATALHAS GANHAS E PERDIDAS editado pela BIBIEX Biblioteca do Exécito... neste livro tem um episodio sobre a batalha de stalingrado, relata em minimos detalhes sobre esta sangrenta batalha até a rendiçao incondicional do sexto exercito alemao comandado pelo do general Paulus contrariando às ordens do insano hitler que ordenou que o sexto exercito lutasses até a morte...

Postar um comentário
 
Traduzido Por : Template Para Blogspot Copyright © 2011. O mundo das idéias - All Rights Reserved
Proudly powered by Blogger