ACOOOOORDAAAAAAA Periferia S/A !!!!!!

Antes de mais nada, não estava postando textos por falta de tempo, pois como a formiga disse para a cigarra:
- A vida é labuta.
Bem...no final de semana passado estava com os camaradas Gus e Spertnez no the wall café curtindo o bom e velho rock.
Tudo transcorria muito bem até pegarmos o ônibus para ir embora.
O motorista do veiculo chegando próximo a um determinado ponto, abriu a porta de desembarque para a entrada de aproximadamente 20 a 25 pessoas, o que chamamos em São Paulo de "manos".
A grande maioria exaltando o lugar onde moram utilizando gestos, mensagens nas roupas, as musicas que escutam.
Com um detalhe, não respeitando as pessoas que utilizavam do ônibus, a grande maioria pessoas que estavam cansadas pois trabalharam a noite.
Normalmente quando estamos em grupo, temos reações diferentes do que quando estamos sozinhos em um determinado lugar.
Porque estas mesmas 20 ou 25 pessoas não tentam ter um pensamento diferenciado, tentando verificar as necessidades de onde vivem proporcionando melhorias?
Eu penso que os jovens que moram em periferias, em todo o Brasil, acham que tem engajamento político e social por escutar Racionais MC, usas roupas de grifes como "1 da sul", criticando o sistema atual sem argumentos.
Na periferia, eu sei disso porque eu moro em uma, temos um pensamento onde o nosso mundo se resume as divisas de bairros vizinhos, achando que todo o mundo ao redor são nossos inimigos mortais.
Quando é justamente o contrario, nós moradores de periferias de todo o Brasil deveríamos mostrar que queremos mudanças no quadro político e social, que não nos resumimos em funk's, rap's, que fazem apologia ao crime e prostituição, que conhecemos Nietzsche, Schopenhauer, Rousseau, Aristóteles, Marx, Lenin.
Eu vejo grande potencial de mudanças nos jovens mais esse potencial esta voltado para o lado errado.
Precisamos focar as ações nas causas e não nos problemas senão continuaremos sempre na mesma.
Para mudarmos o local onde vivemos temos que começar a aprender e aceitar as mudanças que acontecem ao nosso redor e não sermos como o grande filosofo "Seu Madruga" que a cada problema sempre dizia:
- A culpa tinha de ser do Chaves mesmo !!!
Compartilhe este artigo :

+ comentários + 18 comentários

20 de junho de 2009 19:21

Realmente, há uma (grande) parte da juventude inerte no que diz respeito às suas próprias vidas e ao rumo que ela tomará.
Vejo muitos amigos e parentes que levam uma vida cheia de festas e badalações mil, mas vazia de idéias construtivas.
Isso é muito triste, pois refletirá nos adultos que se tornarão, repercutindo também na futura sociedade da qual faremos parte.


+ opiniões, acesse:
http://semprereticente.blogspot.com

20 de junho de 2009 21:00

Nem falo nada desses "manos" como agente já conversou, você diz que eles não exaltão o conhecimento e sim a burrice, é legal falar errado, é legal dar uma de bandido...

Mas aquela ruivinha ai meu deus, aquela eu apresentava pra minha mãe!!

20 de junho de 2009 21:14

Esses manos quando estão em bando são perigosos! Sempre atuando em bandos, matilhas, enxames, putz...é crueldade com os animais esta comparação neh...
Mas, esse lance não sei bem se pode ser dito que é da periferia, acho que tem mais haver com educação mesmo.
Nós somos da periferia e não agimos como estes caras! E conheço outros da periferia que estão longe de ser como estes manos cheios de gingado!
Mas, confesso que quando vi eles entrando no ônibus e você e o Gustavo perto da porta eu falei putz, teremos confusão a vista.

Gus, a ruivinha era uma de capu na cabeça? Se for, ela saiu de perto quando os elementos entraram!

20 de junho de 2009 21:21

Spertnez, tudo seria resolvido através do dialogo hahahahahaha, mas ainda bem que não deu nada...

Nada a ruivinha tava na balada, aquele que batia a mão no peito e dizia eu sou gostosa(bom pelo menos no pensamento)

Speck chegou nela, lembra?

21 de junho de 2009 10:36

hahah...Obrigada pelo comentario...
acontece msm...
e concordo com vc's sobre o seu post !!

=)

21 de junho de 2009 10:44

A maioria dos jovens da minha idade nem querem saber de nd de estudar trabalhar ou coisa assim so querem curtir o momento.num param pra pensar no amanhã...Fico sem ter o q falar diante essa situação...

21 de junho de 2009 10:55

Nossa, parece eu falando com meu namorado esses dias... Falta coerência em Jovens hj em dia


http://kinhadiary.blogspot.com/

21 de junho de 2009 10:55

E como diria o Chaves:
- Isso! Isso! Isso!
E mais:
- Calma, mas não se irrite!
A rebeldia já é enlatada e vendida há séculos. Podia falar dse James Dean, mas vou mais perto.
O próprio movimento punk nasceu de um cara querendo divulgar as roupas de sua loja, pistols.
Normal.
Mas temos 20 anos de estrago democrático.
Mas outros tanto de descrédito.
Mas sou otimista e estamos caminhando.

abs!

http://martonolympio.blogspot.com/

21 de junho de 2009 13:38

Gus, sou Catequista, e hoje nosso encontro foi sobre CEBEs... Nosa Comunidade Católica é sustentada pelas Comunidades Eclesiais de Bases, isso implica que somos uma comunidade que busca o melhor a cada dia. Ou seja, a Comunidade não fica parada frente aos obstaculos... por meio da palavra de Deus buscamos força para mudar um pouco a realidade, tão cruel para muitos....

Mudando de assunto.... tem selinho la no blog para vc ok!!!!!

bjos

22 de junho de 2009 07:28

Marton, vc foi super coerente! Jovem, sempre foi rebelde em qualquer lugar e qualquer tempo (não generalizando, claro que há exceções, antes que vc fala "ah, eu num fui assim"). Juventude é momento de descobrimento e crescimento, deveria ser algo bacana, mas o que acontece é que não estão sendo orientados. A culpa é de quem? É minha, é sua, é da sua mãe, da TV, do sistema econômico, da perda de valores, da banalização das regras, da polícia, do Estado. A culpa é de todos.Como o Gus disse há um tempo, ele faz a parte dele o máximo que pode, alguém mais? Ontem eu vi uma reportagem em que a mãe estava, mais uma vez, deixando o seu filho na "casa de recuperação" de crianças e adolescentes porque ele tinha cometido um delito. Vc acha que ele vai ter um futuro lá? Quantos desses "manos" já não devem ser "clientes" de lugares como esses? Think!

22 de junho de 2009 16:50

Anichita....os jovens não estão sendo orientados ???? Temos todo tipo de informação dispónivel, boa ou ruim...sem dúvida é mais comodo atribuir a culpa num todo do que tentar mudar de atitude....o foco do texto não é a rebeldia mas sim a falta de coerencia das periferias que aceitam pacivamente sua condição....é claro que o estado não proporciona educação adequada para 100% da população mais um grande problema é a estrutura familiar fragilizada desses garotos que voce comentou....
Abs !!!

23 de junho de 2009 19:09

Uma crítica construtiva, posso? Você tem argumento, escreve bem. Melhore ainda mais dando atenção a pontuação. Vírgulas nos lugares certos fazem uma grande diferença! Abraços!

24 de junho de 2009 09:34

Richard, informação não é conhecimento! A mensagem tem que ser orientada e absorvida... quantas pessoas temos nas escolas, na 8º série, que nem escrever sabem???? Além disso, não é uma orientação informativa ou escolar é orientação educacional familiar, ética, moral, de educação de berço. Se vc tem, é um privilegiado!

24 de junho de 2009 09:38

Ah, só completando, sou professora... O maior erro da atualidade educacional é que os pais insistem em atribuir à escola a educação que eles deveriam dar. Mas é o tal negócio, "enquanto o meu filho tá na escola, me dá sossego e a professora que cuide daquela peste"!

25 de junho de 2009 12:25

Mau....agradeço a critica...tentarei melhorar nos proximos posts....abs

25 de junho de 2009 12:38

Anitcha....concordo com vc neste ponto...o que nos temos, ou deveriamos ter como educação familiar são os valores eticos, morais, respeito ao próximo....porém com o avanço da internet no mundo, temos a possibilidade de adquirir outro tipo de conhecimento de maneira rápida e facil....particularmente eu prefiro os livros, mas grande parte da sociedade prefere coisas mais dinamicas como a internet...abs

26 de junho de 2009 09:11

Pois é Richard, aí tá a diferença... A internet passa informação, não conhecimento!

Postar um comentário
 
Traduzido Por : Template Para Blogspot Copyright © 2011. O mundo das idéias - All Rights Reserved
Proudly powered by Blogger